Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2014

Breves considerações sobre as Eleições

Imagem
Quis o destino modificar a equação “PT x PSDB”, e em seu lugar colocar a equação “Dilma + Aécio - Marina”
Marina Silva (ex-PT, Ex-PV, atual PSB e futura Rede Sustentabilidade) não poderia prever que essas eleições seriam tão quentes para ela. Quando apostou sua carreira política consolidada sob o manto da esquerda verde, assumindo a candidatura a vice-presidente(a) da República pelo PSB, comandado por um Eduardo Campos com tímida aceitação no eixo sul-sudeste, ela queria mais dar uma resposta à negativa de criação de seu partido, a Rede Sustentabilidade, do que propriamente alcançar a tão sonhada cadeira do Planalto Central.
A morte trágica de Campos deu uma grande reviravolta nas eleições, tirando da dicotomia “PT-PSDB”, “Azul-Vermelho”, a campanha eleitoral de 2014, algo que vinha se repetindo havia anos. Maria tinha – e tem – um capital eleitoral maior do que Campos, mesmo não tendo experiência administrativa, apenas legislativa (o que não é pouco, afinal, foi senadora da República).

Painel político-econômico pré-eleições

Imagem
Pouco antes das eleições de outubro, muitas mudanças no quadro político-econômico estão em marcha; especialistas apontam que nem sempre candidatos têm ideia do que prometem
Em tempos de propaganda eleitoral, prometer é o verbo mais usado entre os candidatos ao Executivo e Legislativo. O problema, segundo especialistas, é que, muitas vezes, os autores das promessas, mesmo que quisessem, não teriam como pôr seus discursos em prática, porque a solução de problemas, que enchem de esperanças muitos eleitores, na verdade, não é da competência dos cargos pleiteados.
Segundo o professor de direito eleitoral e procurador de Justiça, Marcos Ramayana, a maioria das promessas está relacionada à redução de impostos e melhorias na educação e na segurança pública, como o uso das Forças Armadas.
“ Já vi deputado estadual propor baixar a alíquota do Imposto de Renda [federal] ou alterar o IPTU [Imposto Predial Territorial Urbano], que é um imposto municipal. Além disso, ninguém pode mandar o Exército par…