Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

8 DICAS DE KURT VONNEGUT PARA ESCREVER UMA BOA HISTÓRIA

Imagem
Via HOMO LITERATUS
O site Brain Pickings publicou muitos artigos sobre a escrita, feito os 11 mandamentos de Henry Miller, ou as técnicas e crenças de Jack Kerouac. Algumas do autor de On the Road combinam com as de Kurt Vonnegut, cujas dicas deixamos abaixo – Kerouac acreditava que ‘quanto mais maluca [a escrita] melhor’ e ‘seja um louco santo da sua mente’.



















Uma das marcas de Kurt Vonnegut (1922-2007) foi a loucura. Não apenas por suas metáforas surreais, ou pela sátira em suas entrevistas ficcionais com personalidades falecidas (teve de aguentar insultos do Shakespeare), mas por suas ideias sobre a escrita – dizia ele que ‘pode ser que você também seja capaz de fazer colares para Cleópatra, digamos. Mas sua eloquência deve ser serva de suas ideias.’
Já publicamos algumas delas aqui, e temos mais algumas doses da sabedoria vonnegutiana conosco:
1. Use o tempo de um completo estranho de um jeito que ele ou ela não sinta que esse tempo tenha sido desperdiçado.
2. Dê ao leitor ao menos …

OS 30 MANDAMENTOS DO ESCRITOR

Imagem
Por Carlos Willian Leite, na Revista Bula
Os chamados mandamentos literários existem desde o surgimento da escrita. Aristóteles e Shakespeare foram pródigos em ensinar, por meio de conselhos, como se tornar um grande escritor. Gustave Flaubert, James Joyce, Henry Miller e Anaïs Nin também deixaram suas versões. 
Compilamos uma seleção de conselhos literários (ou mandamentos literários) de nove nomes fundamentais da literatura mundial dos últimos 150 anos: Machado de Assis, Marcel Proust, Gustave Flaubert, Henry Miller, Friedrich Nietzsche, Ernest Hemingway, Juan Carlos Onetti, Gabriel García Márquez e Jorge Luis Borges. A compilação reúne excertos de textos publicados na “The Paris Review”, na “Esquire” e no “The Observer”.
Os conselhos literários de Ernest Hemingway foram adaptados por ele do Star Copy Style, o manual de redação do Kansas City Star, onde Ernest Hemingway começou sua carreira jornalística em 1917.
1 — Mintam sempre. (Juan Carlos Onetti)
2 — A primeira condição de que…

Novo alvo do MPF: os políticos donos da mídia

Imagem
Provocados por organizações sociais, procuradores pedirão cancelamento de licenças de rádio e TV controladas por 40 senadores e deputados federais
Via Carta Capital
Por Bia Barbosa*
Você pode até não saber que a prática é ilegal, tamanha sua frequência Brasil afora. Mas, segundo a Constituição Federal (art.54), políticos titulares de mandato eletivo não podem ser sócios ou associados de empresas concessionárias do serviço público de radiodifusão. Ou seja, políticos não podem ser donos de emissoras de rádio e TV.

A prática, porém, chega a fazer parte do imaginário da população brasileira, que se acostumou a ver “grandes nomes” da política local também como os proprietários dos meios de comunicação de massa de seus estados. Não à toa, os coronéis da mídia substituíram os antigos coronéis, e hoje dominam o espaço público da comunicação em todo o país.
Há muitos anos, organizações que defendem a democratização dos meios de comunicação e o respeito à Constituição denunciam esta prática. N…

Reorganização escolar: por que não?!

Por todo o estado de São Paulo, escolas públicas estaduais estão sendo ocupadas por alunos em protesto contra a reorganização escolar que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) está tentando efetuar no estado.  A proposta tucana é de separar os estudantes por ciclos e fechar 93 escolas, afetando a rotina de pelo menos 311 mil alunos.
Segundo o secretário de Educação de São Paulo, Herman Voorwald, o plano pode fechar até mil escolas, isso atingiria 2 milhões de estudantes. Atualmente a rede estadual conta com 5.108 escolas e 3,8 milhões de alunos. A mudança pode transferir boa parte dos alnos para escolas até 1,5 quilômetro mais distantes de onde estudam atualmente.
10 motivos contra a reorganização escolar (do site Esquerda Diário):
1- O projeto de reorganização escolar mudará a vida de todos, porém não foi debatido com professores, pais, alunos e funcionários das escolas de forma democrática. Fomos informados pela televisão e nosso destino será definido por decreto.
2- O objetivo centr…

Samarco: o que acontecerá com os culpado$?

Imagem
O Brasil inteiro está acompanhando o drama (crime!) decorrente do estouro de uma barragem de rejeitos tóxicos da Samarco, na cidade de Maria, Região Central de Minas Gerais.



O fato se deu no dia 05/11. Ontem (23), as águas do Rio Doce, tomadas da lama tóxica, atingiram a baia do Espírito Santo, e hoje estão no mar, devendo avancar mais de 10 km mar a dentro.

Os recifes de corais, a vida marinha, e até o projeto Tamar, desenvolvido na Bahia, estão em risco. A via no Rio Doce está morta.

Tudo o que vimos até agora teve sua origem no processo de licenciamento ambiental de implantação da barragem, que com toda a certeza, não seguiu o rigor necessário. O motivo?

Os donos da Samarco são a Vale a anglo-australiana BHP. Com um pouco de conver$a, os fiscais devem ter sido dissuadidos de pedir mais rigor no processo de construção da barragem e no processo de fiscalização.

Quando falamos isso, salta aos olhos a palavra CORRUPÇÃO. É óbvio que os fiscais e demais pessoas envolvidas no processo de …

Estudantes ocupam mais de 100 escolas paulistas em protesto contra reforma

Imagem
Da Agência Brasil
A Secretaria Estadual de Educação informou nesta segunda-feira (23) que 108 escolas paulistas estão ocupadas por estudantes que protestam contra o fechamento de 94 unidades de ensino no estado. Levantamento do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial no Estado de São Paulo (Apeoesp), no entanto, indica que 114 escolas estão ocupadas.


Os estudantes defendem a discussão do projeto de reorganização da rede de ensino com a comunidade escolar e que não ocorra já no próximo ano, como foi anunciado pelo governo paulista. A proposta prevê a segmentação das escolas em três grupos (anos iniciais e finais do ensino fundamental e ensino médio), o que levará ao fechamento de várias unidades.
Na manhã de hoje, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) indeferiu o pedido de liminar para reintegração de posse das escolas. A medida foi comemorada pela Apeoesp: "o próprio Judiciário considera que o governo está agindo de forma autoritária, sem debate e sem consulta às comunid…