Postagens

Mostrando postagens de Março, 2008

Frase do dia

"Se abandonar a ingenuidade e os preconceitos do senso comum for útil; se não se deixar guiar pela submissão às idéias dominantes e aos poderes estabelecidos for útil; se buscar compreender a significação do mundo, da cultura, da história for útil; se conhecer o sentido das criações humanas nas artes, nas ciências e na política for útil; se dar a cada um de nós e à nossa sociedade os meios para serem conscientes de si e de suas ações numa prática que deseja a liberdade e a felicidade para todos for útil, então podemos dizer que a Filosofia é o mais útil de todos os saberes de que os seres humanos são capazes" (Marilena Chaui).

30 anos esta noite

Ele, poeta. Ela, poetisa.Decidiram escrever um poema a quatro mãos para comemorar os 30 anos de casados e de total sintonia.Atravessaram a noite a riscar versos e rasgar folhas.Na manhã seguinte pediram o divórcio.Por causa de uma vírgula!

"O clã das adagas voadoras" (pelos olhos da imprensa)

- Veja, jornalista, como ele e ela lutam em pé de igualdade!- Já entendi! Então omitimos que ela é cega!

Memória viva de prédio morto

Ademar alugou um apartamento no Bairro das Laranjeiras. Ele é escritor. Sofre. No meio da madrugada, ele está diante de sua Olivetti. Coça a cabeça. Ajeita os óculos. Bebe. Levanta. Anda pelo apartamento. Volta, senta. Nada. Não sabe o que escrever, como escrever, sobre quem escrever. Está desesperado. Os raios do dia logo chegarão, e ele não terá preenchido uma única lauda de texto. O cálice de vinho está vazio ao seu lado, como as páginas que deveriam estar cheias. Mas nada. Vai até a janela, olha para fora. Que belo lugar arranjei para morar! – pensa. Uma idéia lhe surge na mente. Ainda é um embrião, mas já é alguma coisa. Ademar corre para a máquina e começa a bater:
Colocou-se nas pontas dos pés e esticou o pescoço. Olhou. Do outro lado só havia um esqueleto de prédio, resumido a uma laje enegrecida pelas chuvas e fuligem dos escapamentos dos carros. O alicerce, que outrora expulsou toneladas de terra e mato daquele local, estava coberto pelo mato como um morto coberto pela terra, …

O operário em construção

Entre vitórias e derrotas, o operariado fabril vai fazendo sua história. E a história dos seus direitos
Qualquer um que passasse nas imediações do Ginásio Municipal de Esportes de Sorocaba, em 30 de março de 1980, saberia que lá dentro não acontecia um torneio esportivo. Somente as vozes que se revezavam ao microfone chegavam aos ouvidos dos curiosos do lado de fora, embora o ginásio estivesse abarrotado. Eram operários que acompanhavam a assembléia dos metalúrgicos. Ao final do encontro, os braços cruzados denunciavam a resolução: greve, uma das maiores acontecidas na região. Vivia-se em plena ditadura militar. Os grandes jornais da cidade mantinham-se calados. Mas o acontecimento estampou a capa do jornal alternativo “Sorocaba Urgente”, do jornalista Júlio César Gonçalves. Um tapa na cara da censura, dos censores e de todos aqueles que acreditavam que os benefícios do desenvolvimento da “Manchester Paulista” eram igualmente desfrutados por todos - patrões, empregados fabris e populaçã…

O grande são-paulino

- Hoje o São Paulo goleia o Palmeiras. - ...! - De quanto? 4 a 1, com certeza. - ...! - Como já jogaram? - ...! - Palmeiras ganhou!? - ...! - De quanto !? - ...! - Me veja o formicida, rápido. - ... !

Veja e suas barrigadas

Ante a muda reação da imprensa nativa ao "Dossiê Veja", que, particularmente, prefiro chamar de "A reportagem do ano", escrita (e muito bem escrita) por Luis Nassif, passo este link para que vocês acessem o Blog do Nassif e, de lá, o "Dossiê" (que pode ser acessado diretamente aqui).

Um dos impagáveis casos de "barriga" do jornalismo foi dado justamente pela "VEJA (mas não creia)". Trata-se do "Boimate", o tomate com gosto de churrasco, relatado em artigo linkado na reportagem de Nassif.

"O 'fruto da carne', derivado da fusão da carne do boi e do tomate, batizado com o sugestino nome de boimate, constituiu-se, sem dúvida, no mais sensacional " fato científico" de 1.983, pelo menos para a revista Veja, em sua edição de 27 de abril. Na verdade, trata-se da maior " barriga" (notícia inverídica) da divulgação científica brasileira." Por Wilson da Costa Bueno
Leia o artigo aqui.

Silêncio

Segurou a pena,
correu alguns centímetros pelo papel branco.
Traçou linhas, palavras mudas.
Leu.
Releu.
Descobriu-se, então, morto!
Por todo o tempo que ali estivera a escrever sobre amor.

Uma passeio pelo mundo do trabalho

As diversas expressões do trabalhador urbanoDo lado de fora se levantam imponentes edifícios de concreto. Uma "selva de pedras", como alguns gostam de metaforizar. Dentro do apartamento, dúzias de retratos de Roberto Carlos, livros sobre o Rei, biografias em revistas do maior cantor da Jovem Guarda. Diante do computador, Sávia Cindi, estudante de jornalismo desempregada, escuta "Nando Reis" enquanto conversamos. Ela veio de Teresina (Piauí) com o pai, que foi transferido da empresa de lá para a filial de São Paulo há dez anos. No caminho, conheceu São Luis do Maranhão e Rio Grande do Sul. O repórter recebe uma cachoeira de adjetivos quando pergunta como é o dia de um desempregado: "É terrível, triste, solitário. É impaciente, é chato, depressivo. Só sei que não agüento mais", desabafa, meio sem-graça.
São Paulo, São Luis, Sorocaba. Grandes cidades com diversos pontos em comum. Entre eles, a existência de um exército de trabalhadores. Trabalha…

Manuel Castells e a Galáxia da Internet

Caros leitores, segue uma resenha sobre o livro "A galáxia da Internet", de Manuel Castells. Embora o livro do sociólogo seja "antigo" (foi publicado em 2001, o que, para os padrões da atualidade, é uma eternidade) possibilita ao leitor uma nova visão sobre economia e sociedade em rede.
Boa leitura!
Resenha:Manuel Castells fornece um novo panorama global das relações entre indivíduos, empresas e países. Centrado na Internet como espinha dorsal dessas novas relações, o autor redesenha a sociedade, a economia e a interação humana, onde até o sentido de realidade e mediação podem ser questionados, já que se torna muito difícil definir o que é realidade e o que é mediação, ambas passadas num mundo virtual onde "as coisas acontecem", onde se dão as trocas de informação e se criam as próprias informações, essas que constituem esse novo mundo. Cada vez mais autônomo, esse novo mundo virtual ganha existência enquanto realidade; ele é real, e o que se pa…

"Blogagem Inédita"

Sugiro aos amigos leitores que dêem uma olhada no Interney. Ele está com uma idéia ótima para os blogueiros de plantão(como este que aqui batuca). Bem, na verdade, se você for um blogueiro de plantão, essa notícia não será novidade alguma.

Rice entre nós

A secretária americana de Estado, Condolezza Rice, que visita o Brasil, tenta convencer nosso governo de que o modelo estadunidense de segurança deve ser implantado na América do Sul, ou seja: de que o ataque preventivo é o melhor remédio contra o terrorismo.

Terrorismo é matar inocentes. E o que os EUA fizeram no Afeganistão, no Iraque, e em uma série de etceteras afora pela história?

Fato é que, um dos objetivos da visita da Execrável, sob o comando do não menos execrável Bush, é tentar a aproximação entre Brasil e Colômbia, com o conseqüente distanciamento entre Brasil e Venezuela, país do fanfarrão Chavez.

Às favas com Condolezza, Bush, e a política assassina estadunidense.

Preocupemo-nos com a integração latino-americana, sem dúvida mais importante para nós.

Credibilidade?

Os jornalões nacionais utilizam, como uma das fontes para suas matérias sobre o levante no Tibete, a agência oficial chinesa "China Nova". Correspondetentes internacionais fazem falta, mas os jornalões não querem investir nisso. Pergunto: que credibilidade tem uma agência noticiosa oficial de um país que restrige o acesso ao conteúdo da internet, que é um território livre para a informação? Que credibilidade tem essa agência, se a China caça blogueiros que veiculam discursos que destoam do discurso oficial?

China em chamas?

Protestos explodem por Lhasa, em razão do 49° aniversário do levante que levou Dalai Lama, líder espiritual dos budistas tibetanos, ao exílio. A China invadiu o Tibete, país incrustado no sopé do Himalaia, em 1951. E os chineses não economizaram em suas atitudes de violência quando da tomada do país, hoje agregado à China e com projeto de trens super-velozes para transformar o quase ermo território tibetano em um formigueiro de gente.

Os principais monastérios tibetanos, entre eles a Potala, maior de todos, tradicional centro médico de Lhasa, deverão se tornar destino turístico de curiosos de todo o mundo, com as facilidades do "Novo Mundo" que a tecnologia cria diariamente.

A China não está em chamas. Esse é só um episódio de protesto isolado, e que, se ainda não foi completamente massacrado pelas autoridades, a razão se deve mais às Olimpíadas que se avizinham do que por "indícios de democracia" que estariam surgindo na China.

Em tempo: a China deixou d…

Memória proletária: o velho comunista

Imagem
Aos 82 anos, João Pereira, ex-vereador sorocabano, relembra o passado e comenta o momento político atualOs olhos muito limpos e vivos ainda são os mesmos dos anos de chumbo, mas o tempo lhe escasseou os cabelos, manchou a pele e encurvou as costas. Aos 82 anos, o ex-vereador sorocabano, João Pereira, continua com o cérebro afinado e lúcido, capaz de críticas agudas ao modelo político de hoje e aos políticos de agora. Logo de início, deixa clara sua posição: “Sou comunista”. Antes de ser vereador, ele foi trabalhador de indústria têxtil e visto como agitador dos meios operários. Homem de sorriso fácil, trata os assuntos políticos com uma risada sarcástica. Tanto o mensalão quanto as falcatruas e impunidade dos governos recebem dele as críticas seguidas de leves gargalhadas. Pereira observa o mundo de dentro de sua pequena sala, no bairro Barcelona, através da televisão e dos jornais. O daschund hound (cachorro “salsicha”) da família, inquieto, pula da poltrona ao chão, do chão à poltro…

Sugestão de leitura

Olá amigos. Sugiro que dêem uma olhada no livro do Hilário Franco Júnior, "A Dança dos Deuses" (Companhia das Letras). O livro faz uma abordagem extraordinária do futebol e todos os seus aspectos culturais. Vale o tempo empregado e cada moedinha gasta.

Para quem gosta de futebol. E para quem quer entender o motivo deste esporte despertar tão intensas paixões.

Verificação do Blogblogs

No blog do Mino, História

Uma sugestão aos amigos leitores: este link vai levá-los ao blog do Mino, onde há uma ótima postagem sobre as experiências do jornalista, então menino, durante a Segunda Grande Guerra. Leiam, pois vale o tempo empregado.

E falando em guerra, morreu na França aquele que era considerado o último veterano da Primeira Grande Guerra ainda vivo. Lazare Ponticelli morreu aos 110 anos, hoje, quarta-feira. O ex-soldado lutou pela França, mas era italiano. Segundo dados da BBC, ele teria mentido sobre sua idade para, aos 16 anos, se alistar na Legião Estrangeira.

Ponticelli nasceu na Itália, em 7 de dezembro de 1897.

A tragédia "Bush"

Futebol, em breve

Amigos leitores, em breve vocês poderão ler aqui comentários sobre o mundo da bola. Não, não será como nos outros blogs e jornais. Algo carrancudo e desapaixonado. Veremos o futebol por ângulos diferentes.  Culturais, financeiros, antropológicos. No bom e velho estilo "cronista rodriguiano". Abraços.

Entre deslizes hollywoodianos, filme discute ética no jornalismo

Imagine um dia, quase de repente, se ver cercado por dezenas de câmeras fotográficas, fãs alucinados, luxo, glamour e poder. Todos querendo saber de tudo da sua vida, e um grupo de pessoas especialmente treinadas na arte do mal-caratismo se encarregando de abrir toda a sua intimidade para o público e distorcer a verdade para vender noticias. Sua vida, que prometia ser um paraíso, transforma-se em um inferno. Sua própria vida corre risco. E de sua família também. Tablóides sensacionalistas colocam você na primeira página, com fotos forjadas ou mal interpretadas, distorcendo qualquer tipo de verdade.Esse é o enredo do filme Paparazzi(direção de Paul Abascal), ebusca mostrar a vida do ator de cinema BoLaramie (interpretado pelo ator Cole Hauser), que após a fama, passa a viver entre o inferno e a glória de sair do anonimato.Paparazzissão fotógrafos especializados em perseguir gente famosa, mexer em seus detritos, se isso significar desvendar qualquer coisa sobre seu perseguido. Assim viv…

Em sessão tumultuada, Senado aprova criação da TV pública

Em sessão marcada por tumultos e que durou mais de oito horas, o Senado aprovou a criação da TV pública. A medida provisória que cria a EBC (Empresa Brasil de Comunicação) - gestora da TV pública - foi aceita depois de um acordo que viabilizou a desobstrução da pauta com a votação de três MPs (Medidas Provisórias).
Da Folha Online

Comentário: as TVs públicas já mostraram que são ótimas opções para combater o lixo televisivo que as emissoras de TV comerciais tentam nos empurrar goela abaixo. Só esperamos que a nossa TV pública brigue por audiência, e não coloque seus melhores programa no meio da madrugada.

De volta. E com fôlego total

Olá caros amigos. Estou de volta ao blog, depois de algum tempo sem postar nele. Digo e afirmo: NELE! pois eu vinha atualizando outro blog, que mantenho no Comunique-se, o Mar ao Leste! Jornalismo.
Logo, vocês passarão a ler aqui também reportagens sobre os mais diversos temas. É que o sistema Comunique-se é muito primário, o que dificulta uma postagem mais regular. Vou continuar a postar lá, contudo. Mas quero abastecer este blog com mais conteúdo jornalístico também.
Espero que gostem. Grande abraço.